Institucional 4

Seminário discute Coleta Seletiva em Paraíso

07/06/2019

Dentro das etapas do processo de ampliação e aprimoramento da coleta seletiva em São Sebastião do Paraíso, a Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam), por meio do Instituto de Gestão de Políticas Sociais (Gesois), realizou na manhã de quinta-feira, 6, no anfiteatro do Centro de Educação Profissional do Sudoeste Mineiro (Ceduc) um seminário para apresentar o diagnóstico do que já foi levantado e as propostas para a escolha da alternativa a ser adotada. Um grupo gestor formado há dois meses no município realiza ações dos trabalhos que serão desenvolvidos na cidade.

A equipe formada por três subgrupos fez capacitação com os membros, composição gravimétrica no Aterro Sanitário, elaboração de questionários com servidores da Associação de Catadores (Acassp) e levantamento das legislações e posturas municipais relacionadas. As próximas etapas são o planejamento físico e financeiro das ações de mobilização social, de inserção de catadores e capacitação dos trabalhadores, a elaboração da proposta de legislação de instituição do serviço de coleta seletiva e o estabelecimento de indicadores de monitoramento técnicos e sociais, que tem o objetivo de identificar o nível de participação da população. Mesmo já iniciada, o lançamento oficial da Coleta Seletiva em Paraíso está previsto para setembro deste ano.

"Estamos buscando soluções no dia a dia, fazendo parcerias e conscientização junto à sociedade para que cada um faça sua parte, a fim de termos um meio ambiente equilibrado, pois esta questão é bastante séria", disse a secretária municipal de Meio Ambiente, Yara de Lourdes Souza Borges. Em São Sebastião do Paraíso são gerados cerca de 50 toneladas/dia de resíduos, incluindo material orgânico e o que pode ser reciclado. O diagnóstico destacou bastante a situação hoje vivenciada pelos catadores, as potencialidades e fragilidades do serviço em andamento e estimativas de custos para a solução dos problemas. Também apresentou algumas sugestões como a criação de horta comunitária, compostagem e pontos de entrega voluntária para recicláveis (PEV).

Entre outras propostas apresentadas, foi sugerida a continuidade do trabalho de coleta seletiva em andamento pela cidade, com divulgação porta a porta, e que a organização e melhoria do sistema seja iniciada pelo Parque São Judas Tadeu, por ser um dos mais populosos do município. Outra sugestão foi para que as escolas da rede comecem a trabalhar a compostagem. O seminário, que integra a programação da XX Semana Municipal do Meio Ambiente, teve ainda uma apresentação da Rede Sul e Sudoeste de Minas Gerais, com sede em Poços de Caldas, que tem a participação de 27 associações e cooperativas que atuam em 23 municípios localizados no sul do Estado. No sábado, dia 8, a partir das 9h, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente realiza na Praça comendador José Honório (matriz), a entrega da premiação da coleta seletiva, que envolveu escolas e entidades, além de uma ação para recolhimento de lixo eletrônico. A programação termina no domingo, com ação de revitalização da Praça da Abadia e o trekking ecológico.

 

 

Endereço
Praça dos Imigrantes, 100 - Lagoinha
CEP.: 37950-000 — S. Seb. do Paraíso/MG
Telefone: (35) 3539-7000
Fax geral: (35) 3539-7001

Prefeitura de São Sebastião do Paraíso | MG

  • intranet
  • webmail
PMSSP