Cidade Viva

Paraíso amplia coleta seletiva para toda a cidade

20/02/2018

A Prefeitura de São Sebastião do Paraíso, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e em convênio com Associação de Catadores de São Sebastião do Paraíso (Acassp), está ampliando a coleta seletiva de lixo na cidade. O serviço — que antes era realizado em algumas regiões, agora está sendo estendido para todos os bairros. “Estamos iniciando mais uma etapa deste trabalho e é importante que toda a população seja mobilizada para que possamos alcançar os resultados almejados que é ampliar a quantidade de material reciclado e diminuir a quantidade de resíduos que vai para o aterro”, anuncia a secretária municipal de Meio Ambiente, Yara de Lourdes Souza Borges.

A coleta seletiva vem sendo implantada em várias etapas e de forma gradativa. “Primeiro é preciso realizar um trabalho de educação e conscientização do que é, ao mesmo tempo, gradativamente, colocamos em prática todo o mecanismo da separação dos resíduos, dos dias de coleta, da destinação, utilização e descarte do que não é reciclável”, observa a secretária. Yara comenta que o processo representa um grande ganho para a comunidade. “Com isso ajudamos a aumentar o tempo de vida útil do nosso aterro sanitário e junto temos vários outros benefícios”,explica.

A cidade foi dividida em sete setores. Com exceção da região do centro e da Lagoinha onde a coleta será feita na segunda, quarta e na sexta-feira, nos demais bairros o caminhão da coleta seletiva passará uma vez por semana. A passagem do caminhão será identificada por uma música, situação semelhante a que já ocorre com distribuidores de gás. “É uma maneira das pessoas saberem o momento de colocar o material na porta de suas casas”, diz a secretária.

Em 2016 foram recolhidos em Paraíso 755 toneladas de resíduos através da coleta seletiva. No ano passado, apesar da contabilidade não ter sido finalizada, a expectativa é de que tenha havido um aumento considerável no volume de material recolhido. Agora, a projeção é de que a quantidade de resíduos possa triplicar devido ao aumento da área atendida.

Entre o material que pode ser depositado no lixo reciclável, constam objetos como papel, papelão, jornais e revistas, garrafas PET e outros plásticos. Também estão neste grupo latas de suco e refrigerantes, potes de alimentos, vidros e embalagens em geral. Dentre o lixo não reciclável consta o material de banheiro, resto de comida, borra de café, cascas de verdura, frutas , ovos e papel toalha.

A separação do lixo contribui para o meio ambiente de forma a reduzir o consumo de recursos naturais usados como matéria-prima na produção de novos materiais, diminuindo significativamente a quantidade de lixo enviado ao Aterro Sanitário. A iniciativa contribui com a saúde pública, diminuindo o volume de lixo nas ruas e terrenos baldios, evitando a proliferação de insetos roedores transmissores de doenças, como o mosquito da dengue e outros animais peçonhentos.

artes: Rangel Oliveira

 

 

Endereço
Praça dos Imigrantes, 100 - Lagoinha
CEP.: 37950-000 — S. Seb. do Paraíso/MG
Telefone: (35) 3539-7000
Fax geral: (35) 3539-7001

Prefeitura de São Sebastião do Paraíso | MG

  • intranet
  • webmail
PMSSP