Cidade Viva

Prefeito vai à UPA e percorre locais atingidos pelas chuvas

09/01/2018

O prefeito de São Sebastião do Paraíso, Walker Américo Oliveira, esteve na manhã de terça-feira, 9, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para verificar de perto os estragos causados pelas chuvas. No final da tarde de segunda-feira, 8, o município foi atingido por um forte temporal que ocasionou alguns estragos em várias regiões da cidade. “Estamos com nossa equipe de secretários visitando os locais atingidos para tomarmos as providências necessárias, como aqui na UPA onde vamos acionar a empresa responsável pelas obras que encontram-se inacabadas”, disse o prefeito.

Paraíso foi atingida por uma chuva forte na segunda-feira. Conforme informações, durante todo o dia houve precipitação de 99 milímetros, sendo que no período entre 17h30 até às 19h caiu um grande volume de água. O coordenador da Defesa Civil, José Francisco de Oliveira (Zé Ico) afirmou que recebeu várias chamadas relacionadas à formação de pontos de alagamento e algumas inundações em residências, além de estragos diversos nas ruas. “Felizmente não tivemos nenhuma pessoa ou família desabrigada, as temos alguns casos que continuamos acompanhando, por risco de desabamentos de barrancos que podem atingir residências”, comentou.

Um dos locais atingidos e que foi afetado pelo grande volume de água foi a UPA. O atendimento ficou prejudicado em função da chuva invadir o prédio onde foram registradas goteiras e vazamentos na cobertura. O secretário de Saúde, Wandilson Bícego explica que o prédio está inacabado e que existem problemas estruturais. “Existem apenas dois pontos de escoamento das águas, no telhado, o que é insuficiente o que acaba provocando goteiras e ocasionando outros problemas”, avalia.

O prefeito Walker Américo esteve no local para verificar a situação e anunciou que tomará providências. “Já conversamos com os responsáveis, fizemos uma proposta de acertar com eles o que a administração anterior deixou sem pagar, mas que eles concluam as obras”, anuncia. O prédio foi inaugurado sem que a construção fosse finalizada, “e por isso estamos tendo dificuldades para concluir o que não foi feito e manter a UPA funcionando por falta da devida infraestrutura”, acrescenta. Em 2014, a empresa Ptah Construções Ltda., de Uberaba (MG), venceu o processo de licitação para a construção da unidade orçada inicialmente em R$ 1,8 milhão.

Durante a visita, o prefeito disse que restam cerca de R$ 360 mil para acertar com a empresa. “Iniciamos conversações, fizemos uma proposta de pagamento parcelado e estamos aguardando uma resposta deles”, disse. O prefeito estava acompanhado dos secretários José Antônio Cintra (Obras), Wandilson Bícego (Saúde), Miguél Félix de Souza (Segurança Pública), da assessora de gabinete, Aline Andrade e assessores. “Independente desta situação, por cinco anos a empresa é a responsável pela construção” disse José Cintra. Ainda pela manhã de terça-feira, funcionários da UPA trabalhavam na manutenção de serviços de informática, iluminação e limpeza geral do prédio.

A comitiva também esteve no prédio ao lado da Unidade onde funcionava o Pronto Socorro e que se encontra em reforma. O local passa por um processo de reestruturação e deverá abrigar a Secretária de Saúde, além de salas de serviços e atendimentos especializados.

Outros locais — O prefeito e equipe também estiveram em outros pontos da cidade verificando os estragos causados pela chuva. “Temos informações de que foram causados danos em várias regiões e está sendo feito um levantamento para, em seguida, verificarmos quais providências poderão ser tomadas”, afirma. Na avenida Manuel Cândido Filho, esquina com a Rua José Silveira Pádua, no bairro São Sebastião, foram arrancadas placas de asfalto. Também foram registrados problemas na rua Stela, Rua Santa Luzia e outros trechos.

No bairro Nascentes do Paraíso, o coordenador da Defesa Civil apontou ao prefeito os problemas registrados em algumas casas. “Faltam muros de arrimo e existem locais com risco de desmoronamento, caso as chuvas persistam intensas, podem causar danos às moradias e prejuízos aos moradores”, observa. Em algumas residências, a água da chuva ficou represada nos quintais e houve locais onde a enxurrada invadiu as casas. “Não tivemos desabrigados, mas estamos acompanhando e prevenindo”, completa.

fotos: Denis Menezes

 

 

Endereço
Praça dos Imigrantes, 100 - Lagoinha
CEP.: 37950-000 — S. Seb. do Paraíso/MG
Telefone: (35) 3539-7000
Fax geral: (35) 3539-7001

Prefeitura de São Sebastião do Paraíso | MG

  • intranet
  • webmail
PMSSP